1º Óptica para ensino médio

 

Nos dias 13 e 14 de junho, o Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP) recebeu 70 alunos do ensino médio para participar da "Óptica para o Ensino Médio (OPEM)", programa bianual realizado pelos alunos do IFSC que fazem parte do IFSC OSA Student Chapter, e coordenado pelo docente do Grupo de Fotônica, Lino Misoguti.


No dia 13 houve a participação de 35 alunos da E.E. "Professor Joaquim de Toledo Camargo" (Itirapina-SP) e no dia 14 foi a vez de mais 35 alunos da E.E. "Edésio Castanho" (Ibaté-SP).


Com o objetivo principal de difundir a ciência entre estudantes do ensino médio, o programa, que teve duração de quase 12 horas, colocou os participantes em contato com diversos experimentos de física, especialmente de óptica, trazendo a participação direta e interativa dos alunos, além de promover a inclusão destes alunos no ambiente de uma universidade de prestígio.


No período da manhã, entre 8h30 e 11h30, os participantes estiveram no Laboratório de Óptica, localizado no Prédio dos Laboratórios de Ensino de Física (LEF) do IFSC, e receberam explicações teóricas sobre o tema para, na sequência, realizarem experimentos diversos. Vários conceitos físicos e presentes no cotidiano destes alunos foram abordados, tais como, as leis da reflexão e refração, espelhos e lentes, entre outros.


Entre 11h30 e 13h30, os estudantes se dirigiram ao Restaurante Universitário do campus para o almoço, permitindo assim o contato com o ambiente da universidade. Depois disso, entre as 13h30 e 15h30, foi à vez da visita aos laboratórios de pesquisa do Grupo de Fotônica a fim de apresentar os equipamentos e experimentos ali desenvolvidos.  Na sequência, os alunos foram levados ao Museu de Ciência "Mário Tolentino" onde, novamente, puderam realizar experimentos de física e colocar em prática muitos dos conceitos que aprenderam  durante o evento.


Finalmente, entre 18 e 20 horas, os participantes foram ao Observatório "Dietrich Schiel", no qual puderam aprender conceitos básicos sobre astronomia e fazer a observação da Lua, planetas e estrelas.


O evento realizado permitiu levar a estes alunos conceitos físicos básicos já discutidos no Ensino Médio, mas acima disto, permitiu o acesso a laboratórios de física e o contato com experimentos, uma vez que a maioria não tem acesso a laboratórios de física em suas respectivas escolas.
Nas edições anteriores do evento, membros do IFSC OSA se dirigiam até as escolas para realizar a OPEM, mas este ano o formato do evento foi alterado a fim de permitir o contato direto destes alunos com a universidade.


No final de cada edição, os estudantes preencheram um formulário no qual têm espaço para fazer críticas, sugestões e elogios a OPEM. Foi possível notar que o entusiasmo e satisfação foram unânimes entre os alunos sobre a mais recente edição do programa.